INFORMATIVO ACISC – Empresas Ativas em São Carlos

A flutuação da atividade econômica no atual contexto da pandemia está sendo determinada em parte pela incapacidade de se conceber e implantar um planejamento territorial além dos limites dos municípios. Controles regionais tem se demonstrado necessários para que o esforço do isolamento pelos municípios seja mais efetivo.

Nas condições atuais, não só o emprego recebe o impacto das medidas restritivas de mobilidade, mas também as empresas. Na macroeconomia, área da Ciências Econômicas que estuda os movimentos agregados, como preços, salários, taxa de câmbio e de juros, oferta e demanda monetária, mercado financeiro, comércio e serviços internacionais entre outras variáveis, o equilíbrio entre oferta e demanda é regulado pelos preços.

Quando ocorrem ajustamentos na atividade econômica, a primeira variável a ser ajustada são os estoques, tanto para mais quanto para menos, em função do comportamento da demanda. Quando um evento, como recessão ou crescimento econômico toma força, os ajustamentos dos estoques de mercadorias na forma de matérias primas, produtos em elaboração e produtos acabados, não podem estabelecer totalmente o equilíbrio de uma firma.

Dois outros movimentos ocorrem na sequência. O primeiro é o de preços, mas de maneira geral muito discreto, pois as empresas não têm incentivos para alterarem seus preços no curto prazo na maioria dos segmentos devido a concorrência. O segundo movimento é o das quantidades, seja de produtos fabricados, comercializados ou de serviços prestados.

Os ajustamentos dos estoques e dos preços provocadas pela pandemia já ocorreram para a maioria das atividades econômicas. Como consequência dos ajustamentos das quantidades produzidas, há uma menor necessidade de recursos

Por esta razão é importante para o Informativo ACISC atualizar tanto o número de empregas quanto o número de pedidos de seguro de desemprego em São Carlos. Segundo os dados da Tabela 1 o número de empresas ativas cresceu entre 2018, 2019 e 2020, tendo como base os meses de maio desses anos. Os determinantes deste crescimento residem em pelo menos quatro fatores a saber: 1) fiscalização das atividades que leva a formalização; 2) crescimento da atividade que requer sua formalização ou por exigência do mercado para emissão de notas fiscais; 3) divisão de empresas em menores por aspectos tributários; e 4) crescimento do número de firmas existentes.

A Tabela 1 informa o número de empresas ativas na cidade de São Carlos, segundo o enquadramento fiscal, nos meses de maio de 2018, 2019 e 2020; e para elevar a percepção do empresariado apresenta-se também o mês de janeiro do corrente ano.

Como é possível observar na Tabela 1 o número de empresas ativas no município está sendo determinado ainda pelas forças econômicas do passado recente, portanto, o número tem sido expandido.

Segundo os dados da Tabela 2 o pedido de Seguro Desemprego de São Carlos atingiu o pico do semestre no mês de maio, mais especificamente, na primeira quinzena com o registro de 717 requerentes e de 678 na segunda quinzena. A primeira semana de junho registrou 528 pedidos, o que mostra uma discreta desaceleração das solicitações.

Considerada a permanência do número de firmas com registro na Junta Comercial, uma vez assegurado um menor nível de contágio, poderá ocorrer em breve uma redução do número de pedidos de seguro de desemprego.

Até o momento a primeira quinzena de junho surpreendeu positivamente e as expectativas se voltam para a segunda quinzena. Com isso haverá uma perspectiva um pouco mais clara para o início do segundo semestre.

 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Dúvidas?