Comércio e restaurantes poderão funcionar até as 21h

O governador João Doria atualizou o Plano São Paulo na tarde desta sexta-feira (7). Depois de semanas de fase de transição, há mudanças no funcionamento do comércio em todo o Estado. A fase de transição foi prorrogada por duas semanas e deve durar até o dia 23 de maio.

Após análise do Centro de Contingenciamento, houve flexibilização do horário de funcionamento das atividades econômicas, confira:

Comércio: das 6h às 21h, com ocupação máxima para 30% (antes eram 25%).

Restaurantes e similares: das 6h às 21h, com ocupação máxima para 30% (antes eram 25%).
 
Atividades culturais: das 6h às 21h, com ocupação máxima para 30% (antes eram 25%).
 
Academias: das 6h às 21h, com ocupação máxima para 30% (antes eram 25%). 
 
Parques estaduais e municipais: funcionamento das 6h às 18h. 
 
O toque de recolher também foi alterado. A partir de segunda-feira (10) passa a ser das 21h às 5h. 
 

Continuam válidos o teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e o escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias.

A orientação da ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos) é para que o comerciante respeite a limitação de 25% da capacidade total da loja; evite situações de aglomerações e oriente o distanciamento social; disponibilize álcool em gel 70%; exija o uso máscara de proteção facial corretamente e mantenha fixado cartaz sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras.

 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Dúvidas?