ACISC

Certificado Digital

 

Novidade - ACISC discute criação do CEDECON

 
28/09/2011
 

A ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos) promoveu no Palácio do Comércio Miguel Damha, na manhã de segunda-feira (26), a primeira reunião para criação do CEDECON (Centro de Desenvolvimento do Comércio Nascente), que contou com representantes do CEDIN, SEBRAE - SP, SENAC, SESC e Secretaria Estadual de Planejamento e Desenvolvimento Regional.

De acordo com o diretor da ACISC responsável pelo projeto, Nelson Miguel Maffei, a iniciativa espelha-se no CEDIN (Centro de Desenvolvimento das Indústrias Nascentes), que é um grande sucesso. "Nossa intenção é atender todos os setores do comércio e prestação de serviços, priorizando a capacitação e também a formalização desses micro empresários. Diferentemente do CEDIN, o CEDECON não terá uma estrutura física, já que os cursos, palestras, oficinas, workshops e demais eventos programados ocorrerão na própria ACISC e nas instituições que nos apoiarão", resumiu.

Nelson Maffei afirmou que para alcançar tais objetivos, a ACISC precisará muito do apoio não apenas das entidades que participaram dessa primeira reunião, mas de várias outras que já foram contatadas, como Prefeitura Municipal, FESC, Banco do Povo, Sindicato do Comércio Varejista, Sindicato dos Comerciários, Cooperativa do Comércio, Instituto Inova, Sintshogastro, entre outras. "Essa união será fundamental para a troca de ideias e experiências, que certamente enriquecerão a proposta inicial", destacou.

O diretor explicou ainda que a referida ideia surgiu diante do aumento do número de micro e pequenos empresários no município nos últimos anos, o que consequentemente exige ações voltadas para a categoria. "Dados do site do SEBRAE - SP revelam que São Carlos possui 10.898 microempresas, sendo 5.488 do comércio e 3.346 de serviços. Daí a importância de atendermos a um público tão vasto, com iniciativas que tornem esses profissionais cada vez mais capazes de concorrerem com as grandes empresas", concluiu Nelson Miguel Maffei.


Nelson Miguel Maffei (à esq) fala aos apoiadores sobre os objetivos centrais do projeto

Em seguida, o gerente executivo do CEDIN, Alagui Marques, abordou o trabalho e os objetivos da incubadora, destacando suas principais necessidades e dificuldades. "O CEDIN é uma incubadora de empresas de base tecnológica, que atua em vários segmentos, dentre eles, a eletrônica, materiais, automação industrial, bioenergia, biotecnologia e nanotecnologia. Temos espaço para instalação de micro e pequenas empresas, bem como serviços de apoio administrativo, orientação jurídica, comercial, financeira e assessoria empresarial às empresas residentes e associadas ao Programa Incubadora de Empresas. Esse trabalho foi reiniciado em 2005, numa reunião como essa e acredito que com outras discussões e um esforço conjunto, o CEDECON certamente auxiliará muito o comércio de São Carlos", encerrou Marques.

Já o gerente regional do SEBRAE - SP, Fábio Bonassi, fez questão de agradecer o convite para participar do projeto e disse que é favorável a todas as iniciativas que favoreçam as micro e pequenas empresas. "Sem dúvida, trata-se de uma ação de grande relevância, já que visa fortalecer o comércio varejista da cidade. Contem conosco para desenvolvê-la", completou Bonassi.

A coordenadora da área de Administração e Negócios do SENAC São Carlos, Hojana Mári Ianeselli Pavani, também elogiou a iniciativa e salientou que sua entidade poderá contribuir de forma significativa com o oferecimento de capacitações. "Contamos com uma programação muito ampla de cursos, que se adequam aos mais variados ramos de atuação. Nesse sentido, poderemos contribuir bastante com o CEDECON", disse.

Segundo o gerente do SESC São Carlos, Mauro César Jensen, sua instituição também poderá participar de várias maneiras, especialmente promovendo fórum de debates e eventos culturais que atraiam o público alvo do projeto. "Nossa participação não será tão direta quanto das demais instituições, pois somos voltados mais ao esporte e ao lazer. Mesmo assim, faremos o possível para que os resultados do CEDECON sejam os melhores possíveis", enfatizou Jensen.

Por fim, o representante regional da Secretaria Estadual de Planejamento, Sérgio José Pelicolla, ressaltou que fará o possível para auxiliar o projeto, especialmente com a indicação de verbas do governo estadual. "Achei a ideia bastante interessante e os resultados serão bem mais satisfatórios se ela tiver o maior número de apoiadores", completou Pelicolla.

Certificado Digital

 

Portal Educação