ACISC

Certificado Digital

 

Cooperativas de crédito

 
22/11/2007
 

As cooperativas de crédito formadas por empresários estão cada vez mais fazendo parcerias com as Associações Comerciais dos municípios paulistas. De acordo com o superintendente institucional da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp) e diretor de Negócios da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Empresários de Ribeirão Preto e Região (SICOOB COOPERAC), Cleison Scott, cerca de 100 Associações Comerciais do Estado de São Paulo atualmente contam com projetos de cooperativas de crédito regional vinculados a elas.

De acordo com Scott, os principais objetivos de uma cooperativa de crédito de empresários se assemelham com as de uma Associação Comercial. "Ambas são entidades sem fins lucrativos que beneficiam os seus representados. Estamos trabalhando no sentido de mostrar às Associações Comerciais do interior que uma cooperativa é uma ferramenta extremamente interessante e eficaz para alavancar e consolidar o trabalho das Associações em suas regiões", disse.

A lei que regulamenta uma cooperativa de crédito formada por empresários é de 2002, por meio da Resolução 3058. O funcionamento da cooperativa só é aprovado pelo Banco Central se tiver uma entidade que a apóie financeiramente durante o primeiro ano de existência. "As vantagens de uma cooperativa são as taxas de juros mais atraentes, tarifas menores que as praticadas no mercado, rentabilizando melhor o capital nas aplicações, entre outras", concluiu Luiz Ajita, presidente da Cooperativa dos Empresários Metropolitana de Maringá.

Certificado Digital

 

Portal Educação