ACISC

Certificado Digital

 

Dia Internacional do Cooperativismo

 
16/07/2007
 

Cooperativismo

O Deputado Federal Lobbe Neto distribui newsletter eletrônica valorizando o Dia Internacional do Cooperativismo.

Leia a íntegra:

Dia Internacional do Cooperativismo

Deputado Lobbe faz parte da Frente Parlamentar do Cooperativismo que tem mobilizado a sociedade no sentido de garantir a potencialidade das cooperativas do país.

O Deputado Lobbe Neto (PSDB-SP), membro da Frente Parlamentar do Cooperativismo, esteve presente em uma solenidade na Câmara dos Deputados em homenagem Dia Internacional do Cooperativismo, comemorado no dia 07de julho.

Presidida pelo deputado Odacir Zonta (PP-SC), a Frencoop criada em 1986 representa ativamente dos 13 ramos do corporativismo. São eles: agronegócio, crédito, saúde, habitação, educação, questões tributária e trabalhista, geração de emprego e renda, exploração mineral, transporte alternativo, inclusão social dos portadores de necessidades especiais, turismo e cooperação.

Como membro da Frente, Lobbe Neto atua com o total apoio da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e das lideranças do setor cooperativista, no sentido de promover debates com o objetivo de aprimorar a nova lei cooperativista bem como a unicidade do sistema de cooperativas.

Atualmente, existem cerca de 7,6 milhões de cooperados, responsáveis nos últimos sete anos por um aumento crescente dos índices econômicos. Só em 2006 as cooperativas nacionais faturaram aproximadamente R$ 68 bilhões, com crescimento de 11,6% em relação ao ano anterior.

Na oportunidade, Lobbe Neto reiterou a importância das cooperativas na atual conjuntura socioeconômica brasileira como um mecanismo relevante para a inclusão de indivíduos na sociedade por meio da garantia de trabalho e renda. "Por isso que o trabalho desempenhado pela Frente Parlamentar do Cooperativismo deve ser compreendido como um caminho para as cooperativas continuarem a crescer no país e pelo país", finaliza.

Lobbe Neto defende direitos da juventude na Câmara Federal

Deputado falou da importância da implantação pelo Legislativo de programas como Parlamento Jovem e Plano Nacional da Juventude

No último dia 10, Lobbe Neto subiu à tribuna da Câmara Federal para falar de um tema que ganhou evidência nos últimos anos na Casa, justamente pela atuação do deputado que apresentou projetos com o objetivo de defender a participação e os direitos da juventude na sociedade.

Na ocasião, Lobbe Neto reiterou aos deputados presentes a importância de informar e formar as gerações futuras que poderão sucedê-los nos cargos políticos para assim melhorar as instituições e conseqüentemente aprimorar o processo democrático no Brasil, pois segundo ele é necessário "organizar-se para mudar o que está errado. Esta é a fórmula democrática que precisa ser praticada diuturnamente para melhorar as instituições", afirma.

Para tanto, o deputado relacionou projetos aprovados pela Casa que visam à orientação dos jovens em relação ao trâmite da vida política. Entre eles, Lobbe Neto falou da aprovação do projeto de lei apresentado por ele em 2003 que criou o "Parlamento Jovem Brasileiro", que tem por objetivo proporcionar aos jovens a vivência acerca da atividade parlamentar e sua importância para o exercício da cidadania de todos os brasileiros. "Os jovens se tornam deputados por uma semana. É uma experiência relevante e gratificante tanto para os estudantes quanto para os deputados que dela participam", conta.

Outros pontos destacados por Lobbe Neto que sucederam a criação do Parlamento Jovem Brasileiro foram os dois congressos nacionais da juventude e os encontros regionais realizados em todos os Estados da Federação, que resultaram em importantes sugestões e reivindicações desse segmento da sociedade. Assim no período entre 2003 e 2004, com a intermediação da Comissão Especial de Políticas Públicas para a Juventude foram criados a Secretaria Nacional da Juventude e o Conselho Nacional da Juventude, através da lei 11.129, de 30 de junho de 2005.

Mas as demandas da juventude não cessam por aí. Lobbe Neto também lembrou os projetos em tramitação no Congresso, como aquele que cria a Comissão Permanente de Juventude e a proposta de emenda à Constituição 138 / 2003 que dispõe sobre a inclusão da expressão "jovem" em vários artigos da Constituição Federal. Somado a esses, o deputado não poderia deixar de falar de dois outros importantes projetos em análise no Congresso: Plano Nacional da Juventude e o Estatuto da Juventude. O primeiro tem por objetivo incorporar integralmente os jovens ao desenvolvimento do país por meio de uma política nacional de juventude voltada aos aspectos humanos, sociais, culturais, educacionais, econômicos, desportivos, religiosos e familiares. O outro visa consolidar o ordenamento jurídico de interesse dos jovens.

"O ponto comum de todos esses projetos está no fato que o jovem necessita e está disposto a conhecer e participar mais do processo democrático brasileiro. Porém, para que isso ocorra é preciso que haja um esforço conjunto de todos desta Casa no sentido que possibilitar meios de inclusão da juventude na vida política nacional", finaliza Lobbe Neto.

Certificado Digital

 

Portal Educação