Subsetores e Empregos no Estado e Indicadores Nacionais

Informativo Econômico ACISC

Brasil. A taxa de desemprego estimada pelo IBGE para o trimestre de outubro a dezembro de 2019 ficou em 11%, menor do que o mesmo período de 2018. Os dados do último trimestre do ano de 2019 quando comparados com o trimestre de julho a setembro mostram sinais positivos para a economia. Resumimos aqui tais indicadores: 1) Emprego Formal com Carteira +593 mil; 2) Emprego Informal + 18 mil; 3) Emprego no Setor Público – 43 mil; 4) Empregador +74 mil; Trab. por Conta Própria +123 mil. O saldo final de criação de empregos no último trimestre do ano passado foi de 751 mil maior do que o emprego no trimestre de julho a setembro. Ao final do ano 94.552 milhões de pessoas encontravam-se ocupadas. O Sudeste e o Estado de São Paulo também apresentaram indicadores positivos ao longo do mesmo período.

Interior Paulista e São Carlos. Para uma visão geral da atividade econômica no interior e em São Carlos, selecionamos um conjunto de cidades que estão na fronteira do Estado e na região central. O objetivo é ilustrar movimentos do emprego formal (com carteira de trabalho) no mês de dezembro do ano passado. Os dados dentro da Tabela registram o emprego com carteira em subsetores selecionados. A última linha da Tabela 1, em destaque, registra a variação do número de emprego formal com relação ao mês de novembro de 2019.

Com a evidência procuramos demonstrar a complexidade dos movimentos econômicos. O mês de dezembro, apesar de corresponder a um período de festividades, pagamentos da segunda parcela do décimo terceiro salário, férias etc em todas as cidades ocorreu redução do emprego formal. O mesmo ocorreu para o Estado de São Paulo e para o Brasil.

Complexidade Econômica. Em cada cidade existe a presença de cadeias produtivas interligadas a estrutura regional, nacional e até do exterior. Há regiões mais e menos exportadoras. Mesmo naquelas cidades em que o agronegócio é expoente houve perda de postos formais de trabalho no mês de dezembro. Muitos fatores sazonais interferem na vida econômica, mas é importante demarcar que movimentos econômicos têm características gerais e as cidades devem ser analisadas com relação a séries históricas ou com relação a outras cidades de acordo com características controladas. 

Tabela 1 – Emprego nas Cidades Paulistas e Variação do Emprego de Dezembro com relação a Novembro de 2019

Ministério da Economia. Secretaria do Trabalho. (Elaboração Própria).

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Dúvidas?