Prefeitura anuncia R$ 1,3 milhão para obras emergenciais

A reunião entre comerciantes, ACISC, Sincomercio, Câmara e Prefeitura de São Carlos, que aconteceu na manhã desta terça-feira, 11, no auditório do Paço Municipal, foi totalmente satisfatória. 

Na oportunidade, a prefeitura anunciou a liberação de R$ 1,3 milhão. O recurso será empregado em obras emergenciais na região central da cidade, que foi a mais atingida pelas últimas enchentes. 

Agendado pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Lucão Fernandes, o encontro foi pautado pela cobrança de obras de recuperação das ruas e calçadas, bem como, de medidas em longo prazo, que ajudem a minimizar os problemas das enchentes em São Carlos.

Lucão explica que ao participar de uma reunião realizada na ACISC, percebeu certa insatisfação dos comerciantes. “Resolvemos fazer um novo encontro na Câmara Municipal, onde entramos em contato com o secretário de Governo, Dr. Edson Fermiano, explicamos a importância de ouvir esse pessoal do comércio e hoje saímos um pouco mais satisfeitos do que ouvimos do Executivo”, explicou o parlamentar.

Para o presidente da ACISC, José Fernando Domingues, o encontro foi muito positivo e esclarecedor. “Acredito que pelo andamento dado nessa reunião e pela condução das obras emergenciais, que vão começar a partir de amanhã, e da entrega do trecho da Rua Episcopal, realmente, saímos daqui um pouco mais confortável, pois sabemos que algo está sendo feito e o que deverá ser feito”, contou. “A gente também teve uma ideia dos planos de macrodrenagem, que são obras de longo prazo, e que os primeiros passos serão dados. A gente fica muito feliz, inclusive, com as bacias de contenção, uma do CDHU programada para estar concluída em julho. Isso vem de encontro com o anseio dos comerciantes”, afirmou.

Zelão fez questão de agradecer o Legislativo. “Não poderia deixar de agradecer toda a Câmara Municipal, através do presidente Lucão Fernandes, que nos ajudou a marcar essa reunião para que pudéssemos esclarecer todos esses acontecimentos que estavam deixando uma dúvida muito grande em nossos comerciantes”, destacou. 

O secretário de Serviços Públicos, Mariel Olmo, ressaltou que os recursos anunciados são do orçamento municipal e poderão ser utilizados imediatamente. “Prioridade na região Central, já estão com trabalho na Rua Episcopal. Vamos trabalhar a partir de amanhã [quarta-feira] nas calçadas na região afetada com enchentes e vamos dar andamento com o trabalho de limpeza e desassoreamento dos taludes nas margens dos córregos da cidade”, explicou.

Para o comerciante José Roberto Messali, a reunião foi muito proveitosa. “A gente sai satisfeito porque sentimos que a prefeitura irá nos atender e esperamos que isso aconteça. Claro que precisamos das obras futuras, pois elas são muito importantes, porém, as emergenciais são necessárias para que o centro possa retomar sua normalidade”, afirmou. “Esperamos que a prefeitura cumpra com o que combinou com nós, que eu acredito que sim, porque foi uma reunião bem clara e bem aberta”, finalizou.

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Dúvidas?