INFORMATIVO ECONÔMICO ACISC – 27 de abril

Por Núcleo de Economia da ACISC

SEGURO-PEDIDO DESEMPREGO DE SÃO CARLOS

O mercado de trabalho é formado por empresas e trabalhadores que desenvolvem atividades na forma de ocupações. Segunda a Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD), as ocupações são: 1) No setor privado – com e sem carteira; 2) No setor público – com e sem carteira; 3) Trabalho doméstico; 4) Trabalho por conta própria; 5) Empregador; 6) Trabalho familiar domiciliar.

Os movimentos de admissão e desligamentos alteram as quantidades de ocupações e que são divulgadas mensalmente pelo IBGE. Além das medidas das ocupações, o número de pessoas que solicita o Seguro-Desemprego também permite desenvolver um acompanhamento da economia das localidades.

A dinâmica do mercado de trabalho do lado das empresas é observada pelo faturamento e utilização da capacidade instalada, por exemplo. A demanda por trabalho pelas empresas consiste nas contratações menos os desligamentos.

O número de trabalhadores desempregados que solicitam o Seguro-Desemprego varia de acordo com o volume de vendas e, em particular, com as expectativas dos empresários quanto ao desempenho do futuro próximo de seus mercados.

Os desligamentos ocorrem em função das características setoriais, temporais e condições mais gerais da economia.

As flutuações e comparações entre períodos históricos auxiliam na interpretação dos acontecimentos do mercado de trabalho e no acompanhamento de tendências.

Na Tabela 1 apresenta-se o total do número de pedidos de Seguro-Desemprego de São Carlos nos primeiros trimestres de 2020 e de 2021.

Dois aspectos são marcantes na Tabela 1. Primeiro, o total de pedidos no primeiro trimestre de 2021 é 9% menor do que o número de pedidos no primeiro trimestre de 2020. O segundo aspecto, por outro lado, é que o mês de março de 2021 registrou mais pedidos do que o mês de março de 2020.

A combinação de políticas e de conhecimento acumulado não só pelas autoridades, mas pela população tem de produzir uma mudança de comportamento favorável à redução dos contágios. Do contrário, a atividade econômica será ainda mais prejudicada.

 

Cadastre seu e-mail

E receba novidades exclusivas

Dúvidas?