ACISC

Banco de Curriculos

 

Impostômetro registrará R$ 300 bilhões de arrecadação

 
16/04/2009
 

Contudo, está havendo uma queda de arrecadação dos governos federal, estaduais e municipais, que atingiram esse valor,  três dias antes no ano passado, ou seja, em 14.04. 2008,  informa  o IBPT - Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, autor da ferramenta.

Com a marca de R$ 300 bilhões de impostos arrecadados no próximo dia 17 de abril, às 13h00, o Impostômetro,  da Associação Comercial de São Paulo - ACSP, confirma que  a arrecadação tributária será menor em 2009, mas, mesmo assim, o brasileiro continua pagando muito imposto.

Essa é a primeira vez que há queda de arrecadação, durante os quatro anos, em que o  painel eletrônico que mostra aos contribuintes o quanto  eles estão pagando de tributo, vem fazendo a medição:  em 2008 o montante de R$ 300 bilhões  foi arrecadado no dia 14 de abril, em 2007, em  1º de maio e, em 2006, no  dia 11 de maio.

Para o presidente da ACSP, Alencar Burti, "a queda da arrecadação fiscal era esperada em função da desaceleração da economia, e seria necessário que os governos (federal, estaduais e municipais) reduzissem gastos de custeio para preservar os investimentos", conclui.

Os tributos que sofreram  maior queda  foram: o Programa de Integração Social - PIS, a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - COFINS e o Imposto de Renda.  "A diminuição da atividade econômica no País, decorrente da crise financeira que afeta o mundo, foi o que gerou a queda de arrecadação de tributos no País", argumenta Gilberto Luiz do Amaral,  presidente do IBPT.

Data: 17 de abril de 2009

Horário: 13h00

Local: Associação Comercial de São Paulo

Endereço: Rua Boa Vista, 51 - São Paulo/SP

Certificado Digital

 

Portal Educação