ACISC

Banco de Curriculos

 

Comércio recupera tempo perdido

 
18/01/2005
 

RIO, 18 de janeiro de 2005 - O comércio brasileiro conseguiu em 2004 mais do que o alcançado nos três anos anteriores juntos. Pelas contas do analista do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Nilo Macedo, os varejistas não só recuperaram as perdas consecutivas registradas entre 2001 e 2003 como também deverão apresentar um crescimento acumulado de 2,60% em quatro anos, após um aumento médio de 8% nas vendas no ano passado. Até novembro, as vendas cresceram 8,8%, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio divulgada hoje pelo IBGE.

Todos os setores conseguiram compensar o tempo perdido. Na pior performance, os revendedores de veículos e autopeças ao menos alcançaram um "empate" nas vendas, com patamar de consumo idêntico ao verificado quatro anos atrás. E o setor de supermercados, ainda ressentido de seqüelas da renda, registrou tímido crescimento de 1,72% em quatro anos. Mas o desempenho do grupo promete mais fôlego para 2005.

"Se renda e emprego continuarem a crescer, bens não-duráveis como alimentos e bebidas e supermercados vão ter crescimento sustentado, num ritmo ainda maior em 2005. Pode ser a vez desses subsetores que cresceram menos em 2004", avalia o economista do IBGE, coordenador da PMC.

(Sabrina Lorenzi)

Todos os setores conseguiram compensar o tempo perdido. Na pior performance, os revendedores de veículos e autopeças ao menos alcançaram um "empate" nas vendas, com patamar de consumo idêntico ao verificado quatro anos atrás. E o setor de supermercados, ainda ressentido de seqüelas da renda, registrou tímido crescimento de 1,72% em quatro anos. Mas o desempenho do grupo promete mais fôlego para 2005.

"Se renda e emprego continuarem a crescer, bens não-duráveis como alimentos e bebidas e supermercados vão ter crescimento sustentado, num ritmo ainda maior em 2005. Pode ser a vez desses subsetores que cresceram menos em 2004", avalia o economista do IBGE, coordenador da PMC.

(Sabrina Lorenzi)

Certificado Digital

 

Portal Educação